sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

OS GUARIBAS VERMELHOS DA AMAZÓNIA - Macacos uivadores- Alouatta


mãe guariba
São os primatas do novo mundo  - focinho curto, narinas largas, cauda comprida, pelo longo vermelho.....

Vivem em grupo familiar e são conhecidos pela sua vocalização, que pode ser ouvida a 5kms ou mais.....
"......são lentos, mas extremamente cautelosos, quasi não fazem barulho, excepto quando se reúnem para uivar, movem-se entre as árvores vergando os galhos frágeis e lançam-se de um tronco para outro com gracioza elegancia...." Airton Ortiz (Travessia da Amazónia)

A palavra GUARIBA deriva da língua dos índios tupi-guarani - guariba quer dizer "chefe dos uivadores"

Já  perto da nossa partida da selva ouvimos um burburinho gritante na follhagem. Cercámos a "casa do Tarzan", cabana de madeira em cima da copa duma árvore, onde a familia dos guaribas se havia empoleirado e aguardámos a descida deles. O nosso guia veio a correr com as mãos cheias de mangas, chamou-os e  eles  não se fizeram esperar, o "chefão" veio à frente. Com a sua juba vermelha, uma cicatriz, mais uma dentada, a deformar-lhe o lábio superior, os olhos arregalados, de fúria, como se preparasse para o ataque.......
mais parecia um leão enfurecido, quando escorregou pelo tronco da  árvore gigantesca e veio ao nosso encontro.


Olhou para nós com ar de desprezo, a sua superioridade demonstrava a sua força, amedrontados, recuámos.
Agarrou com a enorme manápula peluda uma manga, sentou-se, acalmou e ali ficou comendo deliciado. Como por encanto a sua atitude mudara, parecia dócil, inofensivo, com a enorme barba ruiva salpicada de sumo de manga, mal olhava para nós, agora indiferente à nossa presença mais próxima, deixou-se fotografar e parecia comunicar  com o olhar, como se já fossemos "amigos"......


Depois desceu a fêmea,.a mãe-guariba com a  sua cria, "um bébé", de cara aterrorizada, agarrada ao seu dorso, mais parecia um bonequinho feio......também ela  se agarrou a uma manga........
chupava e esticava a fibra como pastilha elástica, fazia boquinhas para a nossa objectiva, como um modelo, cheia de pose; eu estava fascinada.......











O bugio-ruivo, também assim chamado, habita as florestas do Brasil. O desmatamento da Amazónia ameaça a sobrevivência destes animais, pela retirada da vegetação, pois restringe os seus ambientes.
Para nós, ver e conviver de perto e  fotografar estes belos espécimes, como se fizéssemos  parte integrante do seu reino foi   o momento alto da nosssa visita, partilhar as suas reacções, tentar entender o seu comportamento fez-nos esquecer a hora da  partida e que já o barco com as nossas malas nos esperava à beira-rio....não conseguiamos despedir-nos.... veio à minha memória a vida de Dian Fossey,uma mulher forte  e carismática que viveu nas montanhas dos gorilas em África! Ela viveu com eles, estudou-os a fundo, imitava os seus gestos, comia as mesmas folhas que eles comiam, dormia com eles, deixava-se acariciar, apaixonou-se perdidamente ...e morreu para os defender, por querer evitar que matassem os gorilas por dinheiro. Foi assassinada barbaramente na sua cabana em 1985, pouco tempo após ter publicado o seu livro "best seller" "Gorilas na Bruma" . Morreu pela sua  causa e  deixou ao mundo referencias importantes sobre o seu trabalho com os primatas.



12 comentários:

  1. *
    lindo post,
    formosas fotos !
    parabens ,
    ,
    conhinhas,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  2. As tuas fotos são um ESPECTÁCULO!
    A crónica, faz o resto!
    beijos
    Graça

    ResponderEliminar
  3. Olá, Helena!

    Descrição extremamente bem construída, que requer gosto e tempo para saboreá-la ... e que merecia mais leitores.
    O texto é magnífico, e lindíssimas as fotos.

    Uma abraço.
    Vitor

    ResponderEliminar
  4. Wow, I have never seen these monkeys before - thanks for sharing! I heard you are a big lover of Sri Lanka, Helena.. with that in mind I invite you to my blog to share my photos and impressions about the country with you :).

    ResponderEliminar
  5. As cores da natureza e o mundo animal dando cor e vida a um dos blogs mais interessantes!

    ResponderEliminar
  6. Linfa fotos, Você é muito gentil com seus doces sentimentos nunca acabam, graças a existir.
    Beijos Meus
    Morris

    ResponderEliminar
  7. Calei a alma
    Aprisionei o sentir deste estúpido coração
    Mergulhei o corpo em agua dormente
    E lembrei-me de uma esquecida oração

    De quantas palavras se faz a melodia?
    Para onde caminham os passos de uma criatura perdida?
    O que será que pensa um homem caído?
    Para que serve a verdade incontida?

    Perdi a vela do meu barco de papel
    Mil tempestades assolaram-me à alma
    Abandonei o leme ao deus dará
    E encontrei uma deusa em lágrimas, de perdida chama

    Mágico beijo

    ResponderEliminar
  8. Nesta terra linda e verde
    As pedras guardam mil e um segredos
    Um arpão rasga o ar na procura do mal
    Um traidor veste um fato de mil medos

    As águas lavarão a lama do caminho
    O vento alisara as pegadas na areia do Mar
    O tempo ficará suspenso por um momento
    Para eu…Orar, Caminhar, Amar…


    Mágico beijo

    ResponderEliminar
  9. *
    Amiga
    visito-te com amizade,
    carinho e respeito !
    ,
    Gostei do Post, parabéns ! !
    ,
    retornei e o meu regresso
    tem as asas da boa vaga
    esquecendo a onda amarga
    tão triste no seu quebrar,
    porém, é belo o seu trovar,
    ecos fortes e salgados,
    de Paz , “standarizada” !
    Paz nos meus votos sagrados,
    que aqui deixo, bem expresso !
    ,
    conchinhas, muitas, para ti !
    *

    ResponderEliminar