sábado, 19 de dezembro de 2009

"A PAZ E A TRANQUILIDADE DO MAR"

 




Mar do Sul da China

 
 
"We came out of the kinabatangan river and went slowly into the sea,

I had forgotten the PEACE and REST of the sea,

I had forgotten the size and colours of the descending sun seen in a great open space,

I had forgotten the depth and weight of the black cloud balls that the sun would leave when it fell,

I had forgotten the sound of the open sea which is so different from the hurrying of rivers and rapids    and the soft sound of the thunder, which is heard in the distance and has no urgency to come nearer  and is only the pleasant beat of a distant gong,

I had forgotten the brilliance of lightning which is seen without alarm,

And  I  had forgotten the smell of the sea, which is the cleanest and finest of all smells!"



Estas são as palavras escritas nas páginas do livro "Land Below the Wind", pela escritora Agnes keith quand descreve as suas aventuras, quando partia em expedição, percorrendo a pé a Selva do Bornéo, enfrentando os térriveis perigos daquele mundo impenetràvel e onde viveu por mais de 20 anos.

 Passados mais de 70 anos, seguí os passos da escritora, numa aventura de cerca de um mês, atravessando o Sabah-Bornéo. Não a pé, mas de carro, enfrentei a selva, fui mordida pelos insectos, caí nas pedras no interior das florestas,mas não corri perigo, vi de perto a montanha sagrada, mas não vi os espíritos,  vi os macacos narigudos e vi pássaros de todas as cores, desci o rio comprido num barco seguro, mas não vi crocodilos e cheguei também perto do mar. Foi aí que senti as mesmas emoções, apesar da distância no tempo.

Vi a PAZ e a TRANQUILIDADE do mar, nada o mudou,
Vi as cores e a luz do sol que tudo ilumina quando entra dentro do mar,
Senti o cheiro da água salgada que me entrava nas narinas e me arrepiava a pele,
Ouvi os sons daquelas ondas ondulantes que chegavam à praia e me beijavam os pés,
Vi uma gaivota que voava na crista das ondas
Vi as nuvens mudarem de cor, do amarelo ao laranja, do vermelho incandescente ao violeta, anunciando o crepúsculo
E vi também as duas árvores frondosas e sós, testemunhos das vidas passadas e da historia  daquele lugar!



Sentei-me sózinha na areia a ver o por-do-sol  e ali fiquei a pensar......que realmente é preciso sentir a solidão para se ter consciência da nossa existência.... o Sol esse mergulhava impávido e sereno, indiferente aos meus pensamentos, no fundo do mar e a  cor púrpura do céu anunciava o crepúsculo, que enchia a minha alma, naquele fim de tarde, naquela praia vazia...... como Agnes keith disse:

"It takes time and solitude to EXIST and we have those in BORNÉO"


Ir ao Bornéo é fazer uma viagem de auto-conhecimento.....e

é bom regressar a casa, mas  fica sempre aquela enorme ânsia de voltar!

 








31 comentários:

  1. Beautiful words and pictures. Have a good weekend!

    ResponderEliminar
  2. Olá Helena!

    O mar é certamente um sítio único para estarmos mais perto de nós e da natureza, sobretudo se nos encontrarmos sozinhos. A paz e tranquilidade que nos inspira, aquela imensidão à nossa volta, o horizonte que sempre foge de nós, o nascer e pôr-do-sol, o céu estrelado, o avistar terra ao raiar da aurora - é experiência que não conseguimos viver em nenhuma outra circunstância: É certamente um privilégio poder viver esses momentos.Tendo servido na Armada durante dez anos, tive essa oportunidade de passar muitos dias,meses, em pleno oceano, a várias latitudes e longitudes: É verdade que nunca naveguei por esses mares, nem me encontrei nessas paragens tão carregadas de exotismo, mas sem esforço - e também com uma pontinha de "inveja" - facilmente me consigo imaginar a viver essas situações.

    Bonita descrição; gostei muito.

    E se por aqui não navegar antes, desde já deixo os meus votos de Feliz Natal, com tudo de bom para si.
    Um abraço.
    Vitor Chuva

    ResponderEliminar
  3. Nice sunsets. When I was a child my mother would say "it looks like Santa is baking Christmas cookies." Merry Christmas...

    ResponderEliminar
  4. Helena, o mar oriental tem uma sabedoria própria...Como o tempo tem sempre tempo, torna-o mais sereno...Beijos. Carlos

    ResponderEliminar
  5. Minha querida fiquei emocionada com a sua gentilesa, e como gentileza gera gentileza aqui estou eu prontinha para lhe desejar do fundo do meu coração um Santo e Feliz Natal.
    Tudo de bom em sua vida, e receba em seu coração o meu beijinho de luz, saúde, paz e amor

    ResponderEliminar
  6. Minha querida Helena
    Suas fotos são sempre um sonho
    cumprimentos são realmente muito bons


    Feliz Natal para você

    ResponderEliminar
  7. OLA HELENA, EXCELENTE POSTAGEM...ADOREI AS FOTOS, ESTAO BELISSIMAS...VOTOS DE UM FELIZ NATAL E UM PROSPERO ANO NOVO AMIGA!!!
    BEIJOS COM CARINHO,


    SUSY

    ResponderEliminar
  8. Bom dia, Helena
    Imagino que a vontade de voltar há-de persistir por muito tmpo!
    É simplesmente maravilhoso o que nos descreves, e cria em nós (em mim, pelo menos...) uma vontade enorme de te imitar.
    E esse mar... eu adoro-o, em qualquer parte onde o veja.
    Lindísimas, as fotos.
    Parabéns pelo óptimo post.

    Uma semana feliz.

    Beijinhos
    Mariazita

    ResponderEliminar
  9. Olá Helena, belas fotografias...Espectacular....
    Votos de boas festas....
    Beijos

    ResponderEliminar
  10. Oi Helena,
    Bornéo pelo seu olhar e pela sua voz ficou perto de mim neste Brasil.Adorei sua passagem pelo meu blog e também saber de sua coragem de desbravadora,suas aventuras,a busca por você e pelo conhecimento.
    Te convido a conhecer
    www.cristinasiqueira.blogspot.com
    www.euamotrancoso.blogspot.com
    Acredito que você irá gostar.
    Feliz Natal e muitas surpreendentes viagens.

    Com carinho,

    Cris

    ResponderEliminar
  11. ________________________________________

    Sim, a solidão dirige nossos passos para dentro de nós mesmos...Que viagem linda, deve ter sido!


    Suas fotos são maravilhosas! Se permitir, gostaria de usar algumas delas para confeccionar os PPS (MENSAGENS AO VENTO). A muito tempo que já os faço...Gosto muito e estou sempre procurando na Internet, imagens assim bonitas...


    Beijos de luz, o meu carinho e um FELIZ NATAL!!!

    ____________________________________________

    ResponderEliminar
  12. Um formoso menino estava mesmo alí
    Tocou de leve o lado esquerdo do meu peito
    Olhou-me com um luminoso sorriso
    Deixou-me sem fala, sem jeito

    Deixou-me no apagar de uma vela
    Olhei novamente o mar
    A calmaria voltou como por encanto
    Mil criaturas inundaram-me o olhar

    Golfinhos felizes assobiaram
    A cria de uma baleia acenou-me
    Uma andorinha do mar poisou no parapeito da janela
    Uma maravilhosa e antiga história sussurou-me

    As estrelas brilharam no celeste
    A Lua estendeu seu manto de fino lusr nesta cena
    Adormeci na imensidão deste mundo
    No embalo de...Uma Noite Serena...


    Uma noite serena

    Um mágico Natal

    Um terno beijo

    ResponderEliminar
  13. *
    nas asas do vento
    em desejos renovados
    deixo,
    vendavais de saúde
    tempestades de amizade
    marés de sereno carinho
    e vagas de benquerenças
    transportadas
    no bico de uma gaivota .
    ,
    maresias Natalícias,
    ficam,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  14. Merry Christmas, Helena! Stay warm and take care :)

    ResponderEliminar
  15. Oi, Helena ... teu blog ta show, lindas fotos ... Parabens , Bom Natal e Feliz Ano Novo

    Antonio Carlos
    http://www.carlosconsultordeviagens.com

    ResponderEliminar
  16. Olá Helena,
    continuação de Festas Felizes com muita saúde, paz e amor.

    Adorei as fotos... Maravilhosas!!!!

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  17. As suas fotos são um perpétuo de palavras no sonho do homem, uma paleta de cores no infinito de qualquer poeta...
    Parabéns!
    As maiores felicidades e venturas para 2010

    ResponderEliminar
  18. Obrigada pelas suas palavras Helena!
    Desejo-lhe um Ano Novo muito bom,

    Um beijinho,

    ResponderEliminar
  19. Olá Helena,
    primeiro quero agradecer a visita e simpático comentário, em segundo agradeço a oportunidade de conhecer este maravilhoso espaço, poder passear por aqui deleitando-me com imagens fantásticas, um olhar de grande sensibilidade.
    Enquadramentos, luz e cor tratados com grande mestria. Parabéns

    ResponderEliminar
  20. Receita de ano novo 
    de Carlos Drumond de Andrade
     

    Para você ganhar belíssimo Ano Novo 
    cor do arco-íris, ou da cor da sua paz, 
    Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido 
    (mal vivido talvez ou sem sentido) 
    para você ganhar um ano 
    não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, 
    mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; 
    novo 
    até no coração das coisas menos percebidas 
    (a começar pelo seu interior) 
    novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota, 
    mas com ele se come, se passeia, 
    se ama, se compreende, se trabalha, 
    você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita, 
    não precisa expedir nem receber mensagens 
    (planta recebe mensagens? 
    passa telegramas?) 
     

    Não precisa 
    fazer lista de boas intenções 
    para arquivá-las na gaveta. 
    Não precisa chorar arrependido 
    pelas besteiras consumidas 
    nem parvamente acreditar 
    que por decreto de esperança 
    a partir de janeiro as coisas mudem 
    e seja tudo claridade, recompensa, 
    justiça entre os homens e as nações, 
    liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, 
    direitos respeitados, começando 
    pelo direito augusto de viver. 
     

    Para ganhar um Ano Novo 
    que mereça este nome, 
    você, meu caro, tem de merecê-lo, 
    tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, 
    mas tente, experimente, consciente. 
    É dentro de você que o Ano Novo 
    cochila e espera desde sempre.

    Que em 2010 Deus o abençôe com saúde, paz, muito amor e um bom trabalho!
    abraço

    ResponderEliminar
  21. *
    esvoaça o Natal,
    o 2010, está a chegar,
    ,
    se eu fosse o futuro
    pincelava o 2010
    de um modo desigual,
    invertia os grandes mestres
    estimulava os absurdos
    convertendo o obscuro,
    o branco seria carinho
    a tolerância o preto
    no rosado da saúde,
    e o azul da amizade
    feita ternura esmeraldina
    na meiguice amarelada,
    eu quero a Paz anilada
    no lilás da paixão
    em violeta de amor,
    e de forma desejada
    ofereço, como gratidão,
    o perfume de uma flor.
    ,
    que venha o 2010 !!!
    ,
    conchinhas
    ,
    *

    ResponderEliminar
  22. Helena, os elementos da natureza são caracterizados por estados de rigor, mas quando o homem interfere, eles revoltam-se e castigam-nos...Beijos. Carlos
    P.S. os meus votos para 2010 está relacionado com o tema do "rigor" que acabei de enviar para o além.

    ResponderEliminar
  23. Olá Helena,
    Que bem que sabe rever fotografias dos sítios por onde passámos. Parabéns, porque estão excelentes. Passei por aqui para desejar um FELIZ ANO NOVO. Espero que 2010 seja um BOM ANO, com Paz, junto dos amores da nossa vida. Julgo que é só isso que precisamos para ser feliz. Um grande abraço e vamos combinar um almoço para Janeiro para lhe entregar as fotografias do Borneo. Um bj Cristina

    ResponderEliminar
  24. Olá, gostei muito do seu blog!
    Obrigada pela partilha, suas fotos são lindas!
    Feliz 2010

    ResponderEliminar
  25. E tive um sonho!
    Mil, um milhão, alguns cheios de firmeza
    Tenho-os todos guardados num lugar secreto
    Onde não mora a incerteza

    Com eles planto canteiros
    Faço de espantalho para afugentar descrença
    Rego com gotas de emoção cada planta
    Só deixo que tape o sol a tua presença

    Uma caixa repleta de sonhos felizes para 2010


    Um mágico beijo

    ResponderEliminar
  26. That first fiery red picture is incredible! And the glassy green of the second is so serene.

    ResponderEliminar
  27. magnificent images - thanks so much for such a fantastic visual voyage for us all!

    ResponderEliminar
  28. helena!
    your photos are SO beautiful. they help me see your world. so colorful and bright. excelent. thank you for sharing them with us.
    nikonsniper steve

    ResponderEliminar